UM MUNDO SEM FRONTEIRAS

mundo-virtual-8f730

 

Parece até frase de comercial, mas na verdade é assim que sentimos este mundo com olhos futuristas. Um universo de produtos ou serviços de qualquer parte do mundo e a um click de nossas mãos. Vantagem que só é possível depois de uma revolução tecnológica como esta que vivemos nos últimos anos. A cada dia um surge um serviço novo, um aplicativo novo, uma nova rede social. Inúmeros facilitadores que nos ajudam muito redimensionar nosso tempo, nossos relacionamentos e buscar a tão sonhada qualidade de vida.

 

E não estamos falando mais de uma tendência. Mas de um paradigma que a partir de agora só tende a evoluir! E obviamente alguns serviços tendem a sumir…

Imagem1

 

Afinal, em 2012  63,9 milhões de brasileiros se identificaram como usuários de redes sociais, acessando as páginas do computador de casa, do trabalho e pelo celular. Até 2014, serão pelo menos 79,3 milhões, ou 37,7% da população nacional.

Quer pegar um taxi? Que tal utilizar um aplicativo que localiza o carro mais próximo?

taxibeat-aplicativo-procurar-taxi-com-limao-01

No pedido você recebe a placa do carro, a ficha do taxista e a licença do carro. Ágil, seguro e sem muitas firulas, pois você só se cadastra uma vez, quando baixa o app no celular ou no tablet. Quem desaparecerá? O rádio taxi, é claro! Trabalhando com o aplicativo o taxista tem uma pulverização maior do seu serviço, paga dois reais por chamado e não precisa ir muito longe para alcançar o passageiro. Já o rádio taxi atende por telefone, liga para o taxista cadastrado buscar o cliente sabe-se lá em que local e ainda cobra uma taxa bem alta do motorista e consequentemente do passageiro.

Viu uma foto interessante de um produto no Istagram? Agora seu caminho encurtou. A startup brasileira Arco desenvolveu uma maneira de transformar o perfil de lojas em vitrines virtuais para vender produtos sem que o comprador precise recorrer a outros meios além de um simples comentário em uma foto. Funciona assim: lojas e consumidores precisam cadastrar no sistema do Arco o perfil do Instagram e a conta nos serviços de pagamento do PayPal; quando as lojas fizerem uma oferta, basta que esses clientes comentem “comprar” caso estejam interessados em adquirir uma peça; isso ocorre, porque o Arco possui um sistema que liga automaticamente as contas do PayPal dos clientes às das lojas a partir dessa interação. Mais fácil!

Este é o novo mundo, um mundo sem fronteiras. Nem mesmo a do vizinho, afinal cerca de 7,1 milhões de usuários brasileiros acessam a internet por meio de redes Wi-Fi compartilhadas. Segundo um estudo do instituto Data Popular divulgado nesta segunda-feira (16), esses usuários não são assinantes de operadoras e acabam usando o sinal de internet liberado pelo vizinho. Que coisa hein!?

 

 

 

 

 

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s